DECRETO nº 1940/2021 de 05 de Agosto de 2021- Dispõe sobre as fases e medidas de enfrentamento a pandemia do Covid-19

 “Dispõe sobre as fases e medidas de enfrentamento a pandemia do Covid-19 e dá outras providências”.

 

 

O Prefeito de São Felipe D´Oeste-RO, SIDNEY BORGES DE OLIVEIRA no uso de suas atribuições legais que lhes são conferidas pela Legislação Vigente, em especial a Lei municipal nº 031/1997.

Considerando a oscilação dos casos de COVID-19, no município de São Felipe D’Oeste/RO;

Conforme a competência da vigilância sanitária em fiscalizar, empreendimentos no município de São Felipe D’Oeste

 

DECRETA

Art. 1º – Ficam estabelecidas 4 (quatro) Fases para retomada das atividades, segundo critérios epidemiológicos-sanitários de proteção à saúde, econômicos e sociais, indispensáveis ao atendimento das necessidades básicas da comunidade:

I – na Fase Vermelha, os estabelecimentos comerciais deverão reduzir para 30% (trinta por cento) a ocupação de pessoas em seus espaços físicos;

II – na Fase Laranja, os estabelecimentos comerciais deverão reduzir para 50% (cinquenta por cento) a ocupação de pessoas em seus espaços físicos;

III – na Fase Amarela, os estabelecimentos comerciais deverão reduzir para 70% (setenta por cento) a ocupação de pessoas em seus espaços físicos;

IV – na Fase Verde, haverá reabertura comercial total com os critérios de proteção à saúde coletiva, desde que exista medida de proteção efetiva (imunização) e as regras mencionadas.

 

Art 2º Fica alternado as fases com as devidas restrições conforme o número de infectados no município de São Felipe D’Oeste/RO.

I – Na Fase Vermelha acima de 50 pessoas infectadas de COVID-19, sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos, pratica de esporte de contato, compartilhamento de utensílios copos, eventos com som musical, interações dançantes, eventos com mais de 10 pessoas, preferencialmente comercio devera trabalhar de forma delivery.

II – Na Fase Laranja acima de 26 casos a 49 casos simultâneos de COVID-19, sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos, pratica de esporte de contato, eventos com som musical e interações dançantes após as 21:00 horas, compartilhamento de utensílios copos, eventos com mais de 20 pessoas.

III – Na Fase Amarela de 10 a 25 casos simultâneos de COVID-19, sendo proibido, pratica de esporte de contato com equipes de outro município, compartilhamento de utensílios copos, eventos com mais de 30 pessoas.

IV – Na Fase Verde 1 a 9 casos simultâneos de COVID-19, proibido compartilhamento de utensílios e copos, sendo permitido as demais atividades proibidas na fase vermelha, laranja e amarela.

 

  • 1º Os velórios com óbitos não relacionados à Covid-19 deverão obedecer aos limites de taxa de ocupação impostos pelo art 1º.
  1. A) Os velórios em caso de morte confirmada ou suspeita da Covid-19 estarão suspensos, devendo o corpo ser colocado em urna funerária lacrada e levado diretamente para sepultamento
  2. B) templos de qualquer culto, igrejas e afins, deverá obedecer aos critérios do art. 1 deste decreto;

.

  • 2º As fases serão alteradas conforme o boletim de contaminados do Covid-19.

 

  • 3º Em todas as fases é obrigatório o uso de mascaras em ambientes fechados, público ou privado, sendo respeitado os demais artigos deste decreto.

 

Art. 3º – É de responsabilidade dos gestores dos estabelecimentos controlar o quantitativo permitido de pessoas, organizar filas, bem como garantir o espaço adequado para manutenção do distanciamento entre os presentes.

III- Todos estabelecimentos são essenciais, devendo observar o artigo 1º deste decreto, podendo trabalhar com agendamento prévio.

 

Art. 4º – A Vigilância Epidemiológica Ambiental, poderá expedir regulamentos, e atos de notificação e informação relacionado a quantidade de pessoas por estabelecimento.

  • 1° Todo estabelecimento devera afixar em local visível a capacidade do local.
  • 2° A Secretaria Municipal de Saúde deverá divulgar as medidas de segurança e distanciamento devido ao COVID-19, para conhecimento e prevenção da população.

 

Art. 5º  – Os gestores dos estabelecimentos comerciais e alimentícios estão autorizados a funcionarem desde que:

I- Assegure a manutenção de todos os clientes sentados, respeitando a distância mínima de 200cm (duzentos centímetros) entre as mesas; conforme disposto no art 1º deste decreto.

II- Disponibilize de álcool 70% (setenta por cento) a todos os clientes, e utilizar mascaras, exceto no momento das refeições.

 

Art 6º É obrigatório o uso de máscara de proteção facial em qualquer local, principalmente em recintos coletivos, compreendido como local destinado à permanente utilização simultânea por várias pessoas, fechado ou aberto, privado ou público, como também nas áreas de circulação, nas vias públicas.

  • 1° A máscara deverá ser vestida no rosto, de forma a proteger nariz e boca.
  • 2° A máscara de proteção é de uso obrigatório por todos os profissionais, privado ou público, no âmbito laboral de suas atividades; e em espaços públicos.

 

Art 7º As atividades educacionais presenciais regulares na rede pública municipal ficam suspensas até a finalização do plano de retomada junto à Secretaria Municipal de Educação – SEMEC.

 

Art. 8º A Secretaria Municipal de Saúde fica autorizada a realizar visitas aos pacientes positivados e verificar se os mesmos estão cumprindo a quarentena em caso de descumprimento, está autorizada a tomar as medidas legais cabíveis.

 

  • único: Em caso de descumprimento das regras e obrigações previstas neste Decreto, a população deve comunicar às autoridades competentes, mediante o telefone da Ouvidoria-Geral do Estado 0800 647 7071 ou ainda da Polícia Militar 190, para apuração das eventuais práticas de infrações administrativas previstas no art. 10 da Lei Federal n° 6.437, de 20 de agosto de 1977, assim como dos crimes previstos nos arts. 267 e 268 do Código Penal e na Lei Estadual pertinente. Conforme determina o art. 29 e art. 31 do Decreto estadual N° 25.859, DE 6 DE MARÇO DE 2021,

 

Art. 9º Esse decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

Gabinete do Prefeito de São Felipe D’Oeste, aos cinco Dias do mês de agosto do ano de dois mil e vinte e um (05/08/2021).

 

 

SIDNEY BORGES DE OLIVEIRA

Prefeito de São Felipe D Oeste/RO

Sedam e Prefeitura de São Felipe D’Oeste lança campanha contra queimadas.

   

Com o inicio do tempo seco, é necessário Diversas ações de fiscalização e conscientização no combate a queimadas, as quais estão previstas para os próximos dias.
O objetivo é conscientizar as pessoas sobre os riscos que o fogo pode causar a saúde e ao meio ambiente. Várias peças publicitárias serão divulgadas na TV, rádio, jornais, redes sociais e sites de notícias, além de entrevistas com informações importantes sobre o combate a este tipo de crime ambiental.
Para o prefeito Sidney Borges de Oliveira, a ideia é alertar as pessoas para que não coloquem fogo no lixo ou terrenos baldios. Pastos, e Lixos. “
“Varias pessoas vem sofrendo mais com o ar poluído, devido ao Covid-19, varias pessoas vem sofrendo com doenças respiratórias, vamos chamar atenção para esta campanha”, disse o prefeito.
A preocupação da Prefeitura é por conta dos números de queimadas que tem aumentado em todo o estado de Rondônia.
A Prefeitura iniciou em janeiro deste ano uma campanha de conscientização para limpeza de terrenos na área urbana. “Este tipo de ação, diminui os riscos de queimadas. Por isso, pedimos que população limpe os quintais e não coloque fogo. Quem colocar fogo poderá receber multas podem chegar até R$ 200 mil de acordo com a proporção do crime”,.
A Prefeitura estará divulgando nos meios de comunicação os trabalhos de prevenção nas mídias socias, site e rádio do município para conscientizar a população.
“Estamos aproveitando os espaços para falar sobre os malefícios que a fumaça causa. Aquele lixinho queimado na frente das casas é altamente cancerígeno” explicou a Secretario Bruno Monteiro Maciel
Pode destaca que as fiscalizações na área rural e as penalidades não são brandas. “A multa é aplicada por hectare queimado, e se for floresta pode ser ainda maior. Sem contar as medidas penais prevista na lei nº 9605. A Polícia Ambiental está atuando e reforça a responsabilidade de cada um em cuidar do meio ambiente e da saúde da população”, ressaltou.
Presentes equipe da Sedam de Pimenta Bueno, Vera Dias, Francislainy Azevedo e Elias De Oliveira.

AVISO AOS PRODUTORES RURAIS DE SÃO FELIPE D’OESTE

O prefeito do município de São Felipe D´Oeste através da secretaria municipal de Agricultura comunica a todos os proprietários de terras pertencente ao projeto de assentamento P. A São Felipe que o programa de regularização fundiária meu imóvel legal, estará realizando o cadastramento de todos os proprietários que ainda não possui documentos de seus terrenos, que procure a equipe do programa, do dia 13 a 27 de julho das 08 as 12 e das 14 as 17 horas de segunda a sexta feira na APAE de São Felipe próximo ao hospital municipal. Realização Governo de Rondônia, Superintendência Estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária – SEPAT e Prefeitura Municipal de São Felipe D´Oeste.

ATENDIMENTO SUSPENSO EM RAZÃO DO COVID-19 CONFORME DECRETO Nº 1864/2021 DE 16 DE MARÇO DE 2021.

ATENDIMENTO SUSPENSO EM RAZÃO DO COVID-19
CONFORME DECRETO Nº 1864/2021 DE 16 DE MARÇO DE 2021.

I – E-mail Geral : [email protected]; [email protected]
II- Departamento de Recursos Humanos RH: [email protected]
III- Setor de Planejamento: [email protected]ãofelipe.ro.gov.br
IV- Compras e Licitação: [email protected]
V- Secretaria de Saúde Setor Administrativo: [email protected]
VI- Secretaria de Educação Cultura e Esporte: [email protected]
VII- Secretaria de Agricultura e Pecuária: [email protected]
VIII- Secretaria de Obras e Serviços Públicos: [email protected]
IV- Secretaria de Administração e Fazenda
[email protected]
Telefone Geral
(69) 3445-1099